Coletivo Perifatividade estreia em grande estilo o Sarau na Biblioteca Amadeu Amaral pelo programa Veia e Ventania!

DSC_0041

O Coletivo Perifatvidade realizou neste sábado, 26/10, seu Sarau de estreia na Biblioteca Municipal Amadeu Amaral pelo programa Literatura Periférica (Veia e Ventania nas Bibliotecas de São Paulo). De característica itinerante, as ações do Coletivo tem característica própria em cada local, diferenciando-se umas das outras. Para o Sarau realizado na Amadeu Amaral, a opção foram por edições temáticas.

Como outubro é o mês das crianças, nada melhor e mais justo que um Sarau totalmente dedicado a elas, e a todas as faixas de idade que compõe este público-alvo: desde a primeira infância, passando pelo público infanto juvenil até as crianças existentes dentro de nós, adultos! Abrindo como sempre com a nossa “Fundão do Ipiranga”, demos a palavra à coordenadora da Biblioteca Amadeu Amaral, Helena Rodrigues, que ressaltou a importância do Coletivo Perifatividade ocupar a Biblioteca e iniciativas como aquelas.

DSC_0003

Emerson Alcalde iniciou os trabalhos com a peça “O Boneco do Marcinho”, que encantou e divertiu as crianças e os adultos presentes, o que podemos perceber claramente nas expressões das fotos. No vídeo abaixo, um trecho da peça!

A poetisa Carol Peixoto, integrante do Coletivo Poetas Ambulantes, também esteve presente ao Sarau para lançar seu primeiro livro “Bola, Lápis e Papel”. A obra de Carol é totalmente dedicada às crianças. Bem ilustrada e colorida, é cheia de ótimas poesias, para pais, professores, amigos e as próprias crianças lerem e contarem. Algumas inclusive já forma musicadas! As crianças adoraram o livro!

20131026_151555

Lews Barbosa, poeta, slammer, rappers da região há 21 anos e integrante do grupo Potencial 3 veio com 3 contações de histórias que surpreendeu e divertiu todas e todos os presentes: “Sofia e os Doutores”, “Recreio” e, claro, “O Macaco Caído” que foi o ápice da apresentação!

20131026_155218

Para finalizar, com apenas 09 anos, o rapper MC Ogizinho deu um show de flow mostrando para as crianças que o Hip-Hop é sim um agente formador, não só dele mas de todas as crianças que integraram e integram o projeto “O Futuro do Hip-Hop”, que ele fez parte e como sua mãe Denise explicou ao início de sua apresentação. Ogizinho mostrou a que veio e depois ainda contou com as participações no freestyle de Terno MC e de Lews Barbosa!

A finalização veio em grande estilo, com o perifativo Vinão Alobrasil e todos que ali estavam, para musicar e tirar a foto final!

Confira as fotos e vídeos do Sarau, por Vinão Alobrasil, Diego Soares, Ana Fonseca e Ruivo Lopes!

DSC_0002DSC_0006 DSC_0015 DSC_0036 DSC_0037 DSC_0043 DSC_0050 DSC_0059 DSC_0067 DSC_0073 DSC_0088 DSC_0095 DSC_0098 DSC_0105 DSC_0112 DSC_0126 DSC_0127 DSC_0129 DSC_0135 DSC_014220131026_150325

DSC_0155 DSC_0157 DSC_0161 DSC_0163 DSC_0170 DSC_0173 DSC_0175 DSC_0177 DSC_0180 DSC_0182 DSC_0187 DSC_0192 DSC_0198 DSC_0200 DSC_0219 DSC_0222 DSC_0230 DSC_0235 DSC_0239 DSC_0245 DSC_0246 DSC_0248 DSC_0256 DSC_0262DSC_0271

Anúncios

Coletivo Perifatividade faz Sarau de estreia pelo Programa Veia e Ventania na Biblioteca Amadeu Amaral!

veiadeoutubro

O Coletivo Perifatividade realiza amanhã, dia 26/10/13, o Sarau Perifatividade na Biblioteca Amadeu Amaral, o primeiro pelo Programa Literatura Periférica (Veia e Ventania nas Bibliotecas de São Paulo), projeto encabeçado pelo Sistema Municipal de Bibliotecas . Apesar de ser a estreia pelo Programa, não é a primeira vez que o Sarau acontece na Biblioteca: em 2010, o Coletivo já realizou esta ação na Amadeu Amaral, com a participação do cantor Tato Fisher e da Big Bang 59 Ska Jazz.

Desta vez, a proposta é trabalhar o acervo da Biblioteca e produzir Saraus temáticos. Como o mês é de outubro, o foco será um Sarau infantil para crianças de todas as idades!

Emerson Alcalde apresenta a peça infanto juvenil “O Boneco do Marcinho”, onde o protagonista (o boneco), conta como se sente abandonado pelo seu querido amigo Marcinho, quando este começa a crescer e se interessar por outras coisas na adolescência, e o protagonista observa sua juventude se perder nestes interesses.

A poetisa Carol Peixoto, integrante do Coletivo Poetas Ambulantes lança seu primeiro livro, com poesias dedicadas ao público infantil, “Bola, Lápis e Papel”.

Oriundos da região do Ipiranga, o MC Ogizinho, de apenas 09 anos, é integrante do Projeto “O Futuro do Hip-Hop”. Idealizado pela DJ e produtora Vivian Marques, o projeto reúne crianças de diversas linguagens dentro do Hip-Hop.

Com 21 anos de experiência, o poeta e MC Lews Barbosa vem para cantar e contar a história de seu personagem, o “Macaco”, tão famoso nos Saraus e Slams, agora para que o público da Biblioteca Amadeu Amaral possa saber afinal, porque “o macaco caiu?”

O Sarau Perifatividade na Biblioteca Amadeu Amaral acontece sábado dia 26/10/2013, com início às 14hs e término as 16hs.

Bilioteca Municipal Amadeu Amaral – R. José Clóvis de Castro, s/n (esquina com Av. Cursino) – Jardim da Saúde

Como chegar

De metrô / ônibus:

– ESTAÇÃO ALTO DO IPIRANGA:

Pegue o ônibus 5021 (Água Funda) – descer na Av. do Cursino, próximo ao Banco do Brasil (já verá a Praça João Rodrigues e a Biblioteca)

De carro:

Av. do Estado sentido Praça Lion, seguir reto pela Av. Dom Pedro I / Pegar sentido Av. Nazaré, seguir pela Av. Nazaré toda até o final dela (próximo ao fim, manter-se na pista da direita) / Virar à direita na Av. Dr. Gentil de Moura / seguir subindo a Av. até que ela vire mão única / Passando o restaurante Ragazzo, manter-se à esquerda / Virar à esquerda na Av. do Cursino / Seguir na Av. do Cursino até avistar o Banco do Brasil e a Praça João Rodrigues (que é a Praça da Biblioteca)

como chegar

Cidinha da Silva ministra oficina de elaboração de projetos da Fundação Palmares no CEU Meninos!

oficinacidinha

Nesta terça-feira 22/10, a escritora e representante do escritório da Fundação Cultural Palmares em São Paulo, Cidinha da Silva, em uma parceria com o Coletivo Perifatividade e o CEU Meninos, realizou uma das várias oficinas que está percorrendo as periferias e também cidades de São Paulo para trabalhar em detalhes a elaboração de dois editais da Fundação: o Idéias Criativas e o Imagens da Memória.

O Edital Ideias Criativas é alusivo ao Dia Nacional da Consciência Negra e as inscrições vão até dia 14/11, com valor de R$25 mil reais cada. Podem se inscrever pessoas físicas e jurídicas e serão premiados 38 projetos, onde 18 serão destinados à categoria PESQUISA, PRODUÇÃO E PUBLICAÇÃO (produção artística negra e suas diversas linguagens e expressões como artes visuais, circo, dança, fotografia, música, literatura, e teatro; podendo ter o formato de livro, catálogo, plataformas digitais e poderão ser vinculadas neste formato ou impressas. Também poderão ser inscritos trabalhos para tratamento de acervo histórico e de memória de personalidades negras. Na categoria 2 estão os projetos de ATIVIDADES SOCIOCULTURAIS E FORMATIVAS com realização de atividades neste caráter com carga horária mínima de 40 horas e fornecimento de certificado aos participantes, com objetivo de suscitar a reflexão política acerca da cultura afro-brasileira, e fornecer qualificação para estas atividades. Poderão ser cursos ou workshops nas áreas de culinária, moda, design, tv, rádio, websites, fotografia, etc.

Já o Edital Imagens da Memória é para produções audiovisuais de média metragem (26min) produzidas para convênios com TV’s educativas. Podem participar pessoas físicas e jurídicas com valor de R$100 mil reais cada . Tem foco em Histórias sobre a escravidão, com foco em depoimentos de anciãos a partir de 80 anos, oriundos de comunidades tradicionais de matriz africana (culturas tradicionais como samba, jongo, batuque de umbigada, batuque paulista, candombe, quilombos, maracatu, congada, terreiros, tambor de crioula, tambor de mina, Festejos de São Benedito, etc), relatando suas memórias vinculadas ao período escravista e à presença negra no Brasil.

Ambas as inscrições devem ser enviadas por Correio (via Sedex) e destinadas ao escritório da Fundação Cultural Palmares, em Brasília.

Foi uma oficina altamente proveitosa, com a presença de trabalhadores do CEU, e militantes culturais do Ipiranga e que realizam ações em cultura negra. A próxima oficina realizada por Cidinha é dia 29/10, as 19hs, na sede da Funarte, na Al. Northmann, 1058 – Campos Elíseos. Confiram as fotos por Paulo Rams, Ana Fonseca e Diego Soares.

DSC_0009DSC_0012 DSC_0013DSC_0015DSC_0018 DSC_0019 DSC_0020 DSC_0021DSC_0023 DSC_0024 DSC_0025 DSC_0026 DSC_0027 DSC_0028 DSC_0029 DSC_0030 DSC_0031 DSC_0032 DSC_0033DSC_0035DSC_0037

Perifatividade participa da Festa de Nossa Senhora da Moradia!

0

Neste domingo ensolarado estivemos presentes na festa Comunitária da Padroeira Nossa Senhora da Moradia, que oficializou a entrega de 172 apartamentos denominados Jd.Celeste V, localizado em nosso Fundão do Ipiranga, especificamente no Jd. São Savério. O dia também serviu para que possamos refletir sobre o direito à moradia adequada e sobre o Dia Mundial do Habitat. Iniciando com uma missa e depois palavras de lideranças dos movimentos de moradia, nós como Coletivo Perifatividade realizamos um Sarau de muita informação através do Rap de Terno Maciel e Diego Soares, a poesia de Ana Fonseca, Paulo Rams e Ruivo Lopes, e a participação da comunidade que chegou também pra comungar da palavra.

Diego lembrou a Banca dos Loucos, Marluz também compartilhou um poema, houve a homenagem tão merecida ao guerreiro Dito feita por Terno, a presença de parlamentares e as lideranças dos movimentos de moradia evidenciaram que o papel de cobrar as promessas feitas pelos candidatos é fundamental para lembrá-los que assumindo uma cadeira os políticos têm uma grande dívida com o povo. Fechou a festa um grande bingo para arrecadação de brinquedos para o final de ano. Vejam as fotos desse domingo de comemoração por Ana Fonseca, Diego Soares e Graça Xavier, mas ainda temos muito a lutar.

0.2 14 58 911 122013-10-20 13.29.382013-10-20 13.29.53 2013-10-20 13.30.07 2013-10-20 13.30.13 2013-10-20 13.30.18 2013-10-20 13.30.232013-10-20 14.26.24 2013-10-20 14.26.58 2013-10-20 14.27.162013-10-20 14.28.532013-10-20 14.34.192013-10-20 14.35.452013-10-20 14.36.052013-10-20 14.38.402013-10-20 14.40.412013-10-20 14.49.292013-10-20 15.08.182013-10-20 15.27.012013-10-20 15.29.542013-10-20 15.30.442013-10-20 15.33.221376313_10202264722282678_291732087_n 1377130_10202264726682788_262174259_n 1383846_10202264709642362_698470384_n 1392832_10202265192054422_2015807574_n

Sarau Literatura Nossa + Influência Positiva no Bar do Boné = Sarau Perifatividade de Outubro!

2013-10-19 19.46.02

O Sarau Perifatividade do mês de outubro teve total gosto de parceria e amizade. Aliás, parceria e amizades intermunicipais. Para nós isso é fundamental, porque mostra como é importante circular nas cidades de São Paulo, por entre os movimentos das mais variadas linguagens artísticas e movimentos sociais e culturais, porém sempre levando a bandeira de nossa raiz, que é o Fundão do Ipiranga!

Diretamente do Jardim Revista, da Cidade de Suzano, a Associação Cultural Literatura no Brasil, por meio de seu Sarau Literatura Nossa, veio lançar o segundo volume do seu DVD “Vídeo Literatura”, um compilado de videoclipes das poesias dos integrantes do coletivo. Como a presidente da Associação, Débora Garcia diz no Sarau “A literatura ainda não é um costume do brasileiro, então o DVD com os clipes poéticos é uma forma de aproximar as pessoas da literatura. Não fazemos arte por arte. E a minha poesia “Coroações”, foi a forma de introduzir o debate, o conhecimento e o respeito ao público sobre as religiões afro-brasileiras“. Além de Débora com “Coroações”, destacam-se os clipoéticos de Sacolinha, Francis Gomes, entre outros.

Nosso Sarau deste mês também foi recheado de público estreante: sejam por indicações de amigos, ou pelo nosso perfil no Facebook ou nossa fanpage no Facebook, vieram vários amigos e amigas, que ainda se encheram de coragem e declamaram, tendo sua estreia no circuito literário já protagonizando em grande estilo!

E para musicar nosso Sarau, além dos nossos perifativos Terno MC e Diego Soares, e Vinão Alobrasil, vindo de Cotia, Influência Positiva, com seu rap militante que tanto nos representa nas lutas sociais, contando com Konfusótico MC para somar, fez do Perifatividade um grande show de música e ação social que nos identificamos sempre!

Esse é o Sarau do Perifa em atividade! Seja bem vind@ e fique muito à vontade! Confira as fotos por Ana Fonseca

2013-10-19 19.52.082013-10-19 19.53.552013-10-19 19.57.152013-10-19 19.59.482013-10-19 20.08.552013-10-19 20.09.13 2013-10-19 20.20.462013-10-19 20.21.402013-10-19 20.31.29 2013-10-19 20.34.53 2013-10-19 20.35.28 2013-10-19 20.36.04 2013-10-19 20.36.13 2013-10-19 20.36.24 2013-10-19 20.37.36 2013-10-19 20.42.022013-10-19 20.43.26 2013-10-19 20.44.062013-10-19 20.56.29 2013-10-19 21.05.442013-10-19 21.06.08 2013-10-19 21.25.422013-10-19 21.32.202013-10-19 21.33.06 2013-10-19 21.34.452013-10-19 21.36.212013-10-19 21.43.352013-10-19 21.45.342013-10-19 21.48.47 2013-10-19 21.49.192013-10-19 21.49.35 2013-10-19 21.50.04 2013-10-19 22.11.002013-10-19 22.14.28 2013-10-19 22.14.502013-10-19 22.15.362013-10-19 22.19.28 2013-10-19 22.30.57

Hoje tem Sarau Perifatividade no Bar do Boné Cultura!

sarauboneoutubro

HOJE TEM Sarau Perifatividade no tradicional Boné Cultura!! Tem lançamento do DVD dos guerreir@s do Sarau Literatura Nossa, “Vídeo Literatura vol. II”, diretamente de Suzano, e pocket show com o excelente Influência Positiva!! Pra chegar é MUITO fácil:
O Sarau Perifatividade no Bar do Boné (R. Nossa Senhora da Saúde,1007 – Vila das Mercês) e acontece todo penúltimo sábado do mês, a partir das 19hs e para chegar é muito fácil:

De ônibus – Só pegar o 4708-10 Jd. Clímax/Metrô Vila Mariana e descer no segundo ponto da Av. Nossa Senhora das Mercês.

De carro:

1.Para quem vem de carro, do centro siga pela Av. do Estado sentido Av. Juntas Provisórias e Av. Tancredo Neves (é uma reta só, seguindo as placas). Quando estiver na Av. Tancredo Neves, avistando o Habib’s ao seu lado esquerdo, na Praça Salvador Allende, no outro sentido, pegue o retorno no posto de gasolina e entre na Av. Nossa Senhora das Mercês – referências: Extra Supermercados. A R. Nossa Senhora da Saúde é a 3ª a esquerda.

2. Av. Nazaré, entrar na R. Gentil de Moura, subir toda até pegar a Av. do Cursino, ir nela até encontrar a placa azul acima indicando a R. Nossa Senhora da Saúde (tem um Sacolão de esquina). Descer a R. Nossa Senhora da Saúde, cruzar com a Av. Pres. Tancredo Neves, subir até ver o Bar do Boné (verde e aberto de esquina).

Hoje tem mais uma edição do Sarau Moinho Vive!!

Por Ruivo Lopes

moinhovive2

O Movimento Organizado Moinho Vivo convida a geral pro segundo Sarau Moinho Vive! marcado pra sexta-feira (11), às 19h, e também pra 1ª Mostra de Teatro Moinho Vivo, esta pra domingo (13), às 14h, tudo na própria comunidade. O Sarau e a Mostra fazem parte da Jornada de Luta/Quarto Grande Ato em Prol da Favela do Moinho por água, esgoto, energia elétrica, hidrantes e a permanência da comunidade no local. Uma noite e um dia inteiro dedicados a declamação de poesia, teatro, arte livre, a troca de ideia e o fortalecimento entre as comunidades. Movimentos e coletivos culturais, sociais e populares já confirmaram presença. A Palavra é Poder para o Povo, participe!

“Onde escondemos o ouro”, lançamento do novo livro de Dinha!

1

Um sábado muito marcante e especial para nós, do Coletivo Perifatividade, foi dia 05/10. Quando um grande autor, ou autora da qual admiramos muito, e que tem uma história cultural no Fundão do Ipiranga como nossa antecessora, é no mínimo, de deixar-nos muito felizes de estar próximos. Ainda mais quando não só a autora, mas a família, é nossa família também, e quando apoiamos a iniciativa e a organização da obra e do lançamento.

Não só para o Coletivo Perifatividade, mas para tod@s que acompanham a literatura periférica, Dinha é sem dúvida, admirada e inspiradora. Quem leu “De passagem mas não a passeio” (Edições Toró / Global Editora), primeiro livro da autora, sabe o que estamos falando. Mesmo quem está neste meio recente, e acompanhou o clipoético “De aqui de dentro da guerra”, poesia de Dinha, muito bem interpretada pelo Sarau dos Mesquiteiros e Rodrigo Ciríaco em parceria com mundo em foco.

Dinha lança seu segundo livro, “Onde escondemos o Ouro”, que é uma belíssima obra, da capa às poesias: a primeira obra pela editora Me Pariò Revolução, fundada por Dinha, Lindalva Oliveira e Sandrinha Alberti, se destaca por livros feitos de forma semiartesanal, e personalizados, com conteúdos com muita qualidade poética e militância.

No lançamento, que foi realizado no Mutirão do Jd. Celeste, além da exibição do clipoético, Dança Oriental com Ana Fonseca e suas alunas, Sarau Perifatividade, MC Terno e Diego, Silmara Silva e música com Fernando Teobaldo.

Lançamento lindo, para ficar na história e memória! Para adquirir “Onde escondemos o ouro” basta clicar no título, que dá acesso à venda pela Internet.

Confira fotos do lançamento (Divulgação)

2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 16

Dinha lança seu segundo livro “Onde escondemos o ouro”

Image

Sábado, 05/10, a grande poetisa do Fundão do Ipiranga, Dinha lança sua segunda obra literária, “Onde escondemos o ouro”.

  • Dinha (pseudônimo de Maria Nilda de Carvalho Mota) nasceu na cidade de Milagres, Ceará, no ano de 1978. Mudou-se para São Paulo, trazida pela família no ano seguinte. Em 1999 participou da fundação da Posse Poder e Revolução – grupo de pessoas, ligadas ao movimento hip hop, dispostas a realizar intervenções políticas e culturais em suas comunidades. No mesmo ano iniciou o curso de Letras na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. Atualmente é doutoranda da área de Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa, leciona na rede pública municipal de ensino, é autora dos livros De passagem mas não a passeio (2008) e Onde escondemos o ouro (2013) e é também criadora e editora do selo Me Parió Revolução, em parceria com Sandrinha Alberti e Lindalva Oliveira. É aluna (em fase de doutoramento) da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo e autora dos livros De passagem mas não a passeio (2008) e Onde escondemos o ouro (2013).

    “Onde escondemos o ouro” divide-se em 3 pequenos livros. O primeiro, chamado “O guardião” representa o Amor em seus múltiplos sentidos como guardador dos tesouros. O livro 2, chamado “O ouro” ou “A lista dos 100”, homenageia as muitas pessoas que a autora, seus familiares e vizinhos viram morrer assassinadas ao longo de suas vidas. Essas pessoas são a representação do ouro que, na visão da autora, é diariamente saqueado pelo Estado e suas ações e omissões cotidianas. O livro 3, por fim, faz da ironia o último recurso de luta. “Bichos” apresenta uma série de situações e insights em que só a ironia parece ser capaz de restaurar a ordem e garantir a integridade poética.

    Para o evento de lançamento, além de um bae-papo com a autora, as presenças de Sarau dos Mesquiteiros e Sarau Perifaividade, homenagem a Fernando Elza (Malote), Dança Oriental com Ana Fonseca, Intervenção Musical com Silmara Silva, Terno Maciel & Diego Soares e Repper Fiell (RJ).

    Lançamento do livro “Onde Escondemos o Ouro”, de Dinha

    Mutirão do Jd. Celeste

    R. Memorial de Aires, 480 – Jd. São Savério (próx. a E.E. Álvaro de Souza Lima e Paróquia Jd. São Savério)

  •  

Primeiro Sarau Moinho Vive! acontece amanhã, dia 04/10!

moinhovive
por Ruivo Lopes
O Movimento Organizado Moinho Vivo convida a geral pro primeiro Sarau Moinho Vive! marcado pra sexta-feira (4), às 19h, na própria comunidade. O Sarau faz parte da Jornada de Luta por água, esgoto, coleta de lixo, energia elétrica, hidrantes e a permanência da comunidade no local. Vai ser uma noite dedicada a declamação de poesia direta, a arte livre, a troca e o fortalecimento entre as comunidades. Saraus, movimentos e coletivos culturais, sociais e populares já confirmaram presença. A Palavra é Poder para o Povo, participe!

Sarau Moinho Vive!

04/10, às 19hs, no campinho da R. Elias Chaves, sob o Viaduto Orlando Murgel e Av. Rio Branco.