Último Sarau Perifatividade na Biblioteca Amadeu Amaral – Veia e Ventania

 

O Coletivo Perifatividade realiza o Sarau e outras ações pelo Programa Veia e Ventania desde 2013, e algumas vezes – com muita tristeza – nos despedir, porém sempre voltamos depois de um tempo. Esse sentimento de tristeza aconteceu neste sábado, 17, quando aconteceu a última edição do Sarau Perifatividade na Biblioteca – pelo menos por agora. Queremos e esperamos voltar em breve! Não poderia ter fechado com mais ouro possível. Tivemos a presença das famílias do projeto Família em Foco, local onde trabalha o perifativo Vinão Alobrasi, e onde as famílias foram nossas convidadas especiais! Muito bom ver crianças e adolescentes se divertindo em nosso Sarau, comendo e lendo livros e gibis especialmente disponibilizados para el@s. Também, com muita honra e felicidade recebemos a grande poetisa e militante Miriam Alves, que lançou seu livro “Bará”, fez uma performance e também um bate-papo com o pessoal presente!! Para musicar este Sarau mais lindo, nada melhor que os meninos da quebrada: Loucos d’la Mente estiveram novamente com a gente e colocaram geral pra cima! Muita felicidade em ter conosco amigos de sempre, e de longa data, como Du Bod e sua linda família (Vânia e Bia), que apareceram depois de anos sem nos vermos! Foi uma alegria imensa ver tanta gente querida neste último Sarau na Biblioteca! Saímos com a esperança de já já estarmos anunciando o próximo Sarau Perifatividade na Biblioteca pelo Programa Veia e Ventania! Confira as fotos por JC!

 

Anúncios

Sarau Perifatividade na Biblioteca Amadeu Amaral – maio 2017!

 

O Coletivo Perifatividade retorna à Biblioteca Amadeu Amaral, novamente pelo Programa Veia e Ventania, de um jeito mais que especial: uma homenagem ao poeta do povo, que é e sempre será referência para todxs nós: Solano Trindade!
Nada melhor que receber Seu Liberto Trindade, poeta e filho de Solano, para nos contar histórias da vida, obra e luta de Solano. Fatos que muitxs de nós desconhecíamos e saímos desta conversa ainda mais próximos e mais fãs de Solano.
Para finalizar sua participação, Liberto encenou o poema mais conhecido de Solano “Tem gente com fome”, como no trem que conta a poesia.
Participação importante no Sarau é da galera do Projeto Crack Zero, que colou em peso, e várixs leram ou pediram para lermos poesias de Solano, além de mostrarem seus talentos na música!!
Foi um dia lindo, surpreendente, no público, na interação e deixando a certeza do mês que vem ser ainda melhor!
Confiram as fotos por Ana Fonseca e JC!

 

Sarau Perifatividade na Biblioteca: Outubro 2016

14581303_1298833526794569_8112150968245027732_n

No dia do professor, pouquíssimo tem a se comemorar diante de retrocessos na educação vindo a galope, orquestrados pelo presidente golpista Michel Temer e também por deputados da mesma laia. Escola sem Partido (de esquerda), Reforma do Ensino Médio e PEC 241 são alguns dos retrocessos, somados à reorganização da Educação estadual pelo governa a dor Geraldo Alckmin, privatizações e até militarização da educação por outros Estados. Tem que ter MUITO debate e MUITA luta. Por esses motivos, o Coletivo Perifatividade convidou parceiras e parceiros querid@s da luta que virou (e vira) SP e o Brasil, encabeçada pelos guerreiros estudantes de luta! A galera da Escola de Luta Raul Fonseca chegou junto para participar desta conversa, junto com o professor de sociologia (uma das áreas diretamente afetadas pela Reforma do Ensino Médio) desta escola Luiz Calvvo além dos manos do grupo DI Mandê, que tambem são professores da rede pública e estão na luta pela educação e pela cultura e resistência do Rap Nacional. O debate rendeu? Como sempre, faltou tempo para tantas ideias pesadas! Para musicar este Sarau lindo e importante, Dimandê mandou muita música de luta para aquecer nossos ouvidos e corações! Mês que vem estaremos novamente na Biblioteca Amadeu Amaral pelo Programa Veia e Ventania! Acompanhe a agenda do Perifatividade aqui na página! Confira as fotos por Joao Claudio De Moura Sinto

Sarau Perifatividade na Biblioteca: #FICAVEIAEVENTANIA

11º 21 de Maio Biblioteca

Dia 21 de maio de 2016… Infelizmente, começamos esta postagem com uma má notícia: este foi o último Sarau Perifatividade pelo Programa Veia e Ventania. Com possibilidade de renovação ainda sendo um mistério, a insegurança bate no bolso e no coração de cada periférica e periférico que fazem parte do Veia. A formação de público do entorno, a parceira com a biblioteca, o trabalho especial realizado no espaço, e também sim, o nosso pagamento pelo programa: o aluguel, as contas, a comida. Tudo isso está em jogo agora. Diante disso, os Saraus estão indo pra cima com a campanha#FICAVEIAEVENTANIA. Nenhum retrocesso para a periferia. Estamos cansadxs de tantas perdas, chegamos no momento das conquistas. O Veia tem que ficar, o Veia vai ficar!!
Para finalizar com chave de ouro, trouxemos movimentos inspiradores para nós, que nos dão força e coragem para seguir em frente.
Um deles é o projeto Família Crack Zero, que com APENAS limão e café, e claro, MUITO AMOR, já conseguiu tirar várias pessoas do vício do Crack e tem uma galera que ama e confia no projeto, o qual um dos perifativos faz parte da direção!

Fotos por: João Claudio

1
Em um país em que cada uma hora e meia quatro mulheres são mortas, ter Casas de Referência, Cidadania e Abrigo para as Mulheres é algo fundamentalíssimo. Uma delas é a CRM Eliane de Grammont, que além de oferecerem atendimento social e psicológico, ainda TINHAM oficinas de Dança do Ventre, ministrada pela perifativa Ana Fonseca e Teatro. TINHAM porque, assim com o Veia e Ventania, seu contrato NÃO FOI RENOVADO pela Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres. Lamentável uma secretaria que ainda não percebeu a importância de artes como a Dança e o Teatro não só para a autoestima, mas para o EMPODERAMENTO de uma nova mulher, forte para encarar essa sociedade machista que nos espera!
Encerramos tristes, mas com esperança de que só a luta muda a vida, e dias melhores virão pra nós!!

2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28

Debates, música e muita informação: confira o fim de semana perifativo!

Este fim de semana será mais um daqueles clássicos, sábado e domingo com ações perifativas. Fazia tempo que não tínhamos dobradinha de atividades, mas neste sábado e domingo, pode chegar que tem debate, música e informação à vontade! Esse é o Coletivo Perifatividade!

Voltando ao Programa Veia e Ventania! O Sarau Perifatividade na Biblioteca Amadeu Amaral, será especial #nãofecheminhaescola voltando ao Programa Veia e Ventania : Literatura periférica na cidade, pelo Sistema Municipal de Biblioteca.
Vamos debater a (des)organização escolar, fechamento das escolas e o projeto “Escola sem partido ” Debate com Roberto Guido ( APEOESP ),Miguel Angelo (Forum Municipal de Hip-Hop ) e Marcos Kaue ( UMES ) Pocket : Grupo Insurreição CGPP
A Biblioteca Amadeu Amaral fica na Av do Cursino, altura do 1200 – Jd da Saude

12049320_1065076286836962_8234581990039931963_n


Já no domingo, 25 de outubro, às 14hs,rola mais um Sarau ‪#‎perifatividade‬, este mês voltado à luta e resistência de nossos parentes! Somos Afroindigenas!
Coletivo Tenonderã Ayvu e Givanildo-Giva Manoel (Campanha pela CPI DO genocídio indígena) vem debater sobre “Genocídio indígena, estratégias de luta e resistência” além de um pocket com o Rap guarani diretamente do Jaraguá (Tekoha Piyau): Oz Guarani e Xondaro Mcs
Vamos chegar no Ceu Pq Bristol : Rua Artur Primavesi, s / n – Jd Clímax
Próximo ao ponto final do ônibus 4708 – Metro Vila mariana / Jd Clímax
“É o Sarau do Perifa em atividade, seja bem vind@ e fique muito à vontade ”

12088332_1061331413878116_6875354867659304752_n

Perifatividade no Sarau Saidera!

 

O Coletivo Perifatividade participou, dia 07/12/2014 do Sarau Saidera, uma iniciativa da Biblioteca Mário de Andrade como uma despedida de 2014!

Os Saraus que estiveram na 40ª Feria del Libro, de Buenos Aires foram dar tchau a este ano tão atribulado politicamente, e tão rico para a cena! Poesia Maloquerista, Sarau dos Mesquiteiros, Sarau do Binho, Menor Slam do Mundo,  Encontro de Utopias, Coletivo Perifatividade, Slam da Guilhermina, Sarau Suburbano, ZAP Slam, Quilombaque, Sarau A Plenos Pulmões, Sarau Oquedizemosumbigos, Sarau Elo da Corrente, Sarau A Voz do Povo, Sarau da Brasa encheram o deck da Biblioteca de poesia, música e muita alegria!

Agradecemos à Biblioteca Mario de Andrade (Tarcila, Natame, Bruno, Bagolin) pela oportunidade e confiram essas e mais fotos da página Saraus SP no Facebook:

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38

 

Música, poesia, alegria e sorrisos no Sarau Perifatividade na Biblioteca de fevereiro!

DSC_0024

No mês de fevereiro, um dos assuntos mais falados pelo país afora é o Carnaval. Para muito além das escolas de samba ou dos trios elétricos, o Sarau Perifatividade na Biblioteca Amadeu Amaral pelo Programa Literatura Periférica (Veia e Ventania nas Bibliotecas de São Paulo) deste mês, foi focado na cultura popular, que nem sempre é vista pela maioria das pessoas!

Diretamente de Fortaleza, Ceará, mas já paulistano, o músico, cordelista, educador, parceiro e mil coisas mais – o talentosíssimo Costa Senna, mostrou a um público de todas as idades, como nasce um cordel, além de um pocket show com suas músicas, poesias animando todos os presentes.

O improviso muitas vezes se torna um dos pontos mais marcantes de um evento, e neste Sarau não foi diferente. Mandando um rap-repente, Senna juntamente com Terno MC e Diego Soares no beat box, reinventam a cultura popular nordestina e paulistana em grande estilo.

Os amigos queridos do Rinha de Galo, prata da casa, chegaram junto para abrir o show do grupo 4ª feira de cinzas e para marcar mais uma presença no Sarau!

De Santana do Parnaíba, Pirapora do Bom Jesus e Embu das Artes, a banda 4ª feira de cinzas traz a influência do Carnaval tão tradicional dessas cidades em sua música. Foi um show para impressionar e embelezar ainda mais o nosso Sarau.

Desde já agradecemos a todos os convidados e ao público, por ter compartilhado na mesma sintonia, esse lindo Sarau que foi sábado!

Confira as fotos e vídeos por Ana Fonseca, Vinão alobrasil, Paulo Rams e Terno Maciel.

DSC_0164 DSC_0001 DSC_0004 DSC_0006 DSC_0009 DSC_0010 DSC_0011 DSC_0012 DSC_0013 DSC_0014 DSC_0015 DSC_0018 DSC_0019 DSC_0023 DSC_0025 DSC_0029 DSC_0030 DSC_0035 DSC_0037 DSC_0039 DSC_0040 DSC_0041 DSC_0044 DSC_0047 DSC_0051 DSC_0057 DSC_0059 DSC_0060 DSC_0072 DSC_0080 DSC_0086 DSC_0089 DSC_0092 DSC_0094 DSC_0103 DSC_0113 DSC_0123 DSC_0126 DSC_0131 DSC_0136 DSC_0140 DSC_0146 DSC_0155 DSC_0157

Coletivo Perifatividade participa do Ato São Paulo 2014: 460 anos de genocídio!

O Coletivo Perifatividade, junto com grupos de rap representativos do Fórum de Hip-Hop do Ipiranga marcaram presença no Ato São Paulo 2014: 460 anos de genocídio da juventude pobre, preta e periférica, organizado pelo Fórum Municipal de Hip-Hop, que ocorreu neste sábado, 25/01 na Praça da Sé! Diversos grupos de rap militantes participaram do ato juntamente com a população de rua, que ficou presente o tempo todo e também parte das pessoas que frequentavam o local naquele momento. Importantíssima a fala de um dos moradores, que agradeceu a presença do ato e de quem estava participando, mas atentou que a realidade de quem vive nas ruas é extremamente difícil, e só quem vive sabe. Diversas falas importantes foram expressas, e movimentos negros estavam presentes, como o SIJIM e o NCN (Núcleo de Consciência Negra), além de uma  representante dos Guarani-Mbya, que fez lembrar que o genocídio indígena é tão caótico quanto o negro e ambos devem se unir nas lutas. Rappers do Fórum de Hip-Hop mandaram seus sons, além do Coletivo Perifatividade nas poesias e rap, com Terno MC & Diego Soares. Confiram as fotos e os vídeos  por Ana Fonseca, Paulo Rams e Jornal A Nova Democracia: CSC_0090 DSC_0001 DSC_0002 DSC_0003 DSC_0004DSC_0007 DSC_0008 DSC_0009 DSC_0010 DSC_0011 DSC_0014DSC_0016DSC_0018DSC_0021DSC_0024DSC_0026 DSC_0027 DSC_0028 DSC_0029DSC_0033DSC_0036 DSC_0037 DSC_0038 DSC_0039 DSC_0040DSC_0043 DSC_0044 DSC_0045DSC_0048DSC_0051DSC_0054 DSC_0055DSC_0057 DSC_0058 DSC_0059 DSC_0060 DSC_0062 DSC_0064 DSC_0065 DSC_0066DSC_0072 DSC_0073 DSC_0074DSC_0078DSC_0081 DSC_0082 DSC_0084DSC_0088

Sarau Perifatividade na Biblioteca abre com chave de ouro as ações de 2014!

DSC_0001

As ações do Coletivo Perifatividade começaram bem antes do Sarau realizado sábado, dia 18/12, na Biblioteca Amadeu Amaral, pelo programa Literatura Periférica (Veia e Ventania nas Bibliotecas de São Paulo). Pelo menos uma semana antes do dia, saímos às ruas da redondeza colando o famoso lambe-lambe nos postes, pontos de ônibus, e panfletando em comércios e para as pessoas. Também visitamos as escolas e abrigos da região, convidando todos os educandos a estarem com a gente na atividade.

6 2 3 4 5

O primeiro Sarau Perifatividade na Amadeu Amaral de 2014, como sempre temático, foi abordado os 460 anos da cidade de SP: Comemorar o que? A cidade que é uma mãe – calorosa e receptiva ao mesmo tempo é uma (má)drasta quando se torna elitista, racista e xenofóbica, com quem a elegeu como cidade de moradia e coração.

Trocamos essa ideia com todas as pessoas presentes, e Costa Senna, músico, poeta e cordelista, versou e cantou sobre São Paulo, e ainda brincou com todos os participantes!

Recebemos também os parceiros do Rapoético, onde trouxeram a experiência da Palestina. Mohammed Antar, rapper que representa o projeto, falou para os presentes da vivência de constante luta do povo palestino e como é o rap na região. Como há muito tempo, estamos com o povo palestino e com os parceiros do projeto! Enriquecedoras ideias que trocamos além de curtir o ótimo show de Antar!

Ficamos também, muito felizes com a presença das crianças e adolescentes do Lar Vó Miriam, abrigo que sempre vamos divulgar nossas ações, além de amigos que chegaram por indicações de parceiros!

O próximo Sarau Perifatividade na Biblioteca Amadeu Amaral é dia 15/02 e o tema é…surpresa! Acompanhe nosso blog e nossas redes sociais para ficar por dentro da programação! Confira as fotos e vídeos por Ana Fonseca e Paulo Rams

DSC_0147DSC_0005 DSC_0006 DSC_0008 DSC_0012 DSC_0015DSC_0024DSC_0027 DSC_0028 DSC_0029DSC_0033 DSC_0037 DSC_0040DSC_0051 DSC_0052 DSC_0054 DSC_0062 DSC_0065 DSC_0072 DSC_0074 DSC_0076 DSC_0078 DSC_0079 DSC_0082 DSC_0086 DSC_0089 DSC_0092 DSC_0096 DSC_0097 DSC_0098 DSC_0109 DSC_0116 DSC_0122 DSC_0128DSC_0142 DSC_0144 DSC_0145

Coletivo Perifatividade estreia em grande estilo o Sarau na Biblioteca Amadeu Amaral pelo programa Veia e Ventania!

DSC_0041

O Coletivo Perifatvidade realizou neste sábado, 26/10, seu Sarau de estreia na Biblioteca Municipal Amadeu Amaral pelo programa Literatura Periférica (Veia e Ventania nas Bibliotecas de São Paulo). De característica itinerante, as ações do Coletivo tem característica própria em cada local, diferenciando-se umas das outras. Para o Sarau realizado na Amadeu Amaral, a opção foram por edições temáticas.

Como outubro é o mês das crianças, nada melhor e mais justo que um Sarau totalmente dedicado a elas, e a todas as faixas de idade que compõe este público-alvo: desde a primeira infância, passando pelo público infanto juvenil até as crianças existentes dentro de nós, adultos! Abrindo como sempre com a nossa “Fundão do Ipiranga”, demos a palavra à coordenadora da Biblioteca Amadeu Amaral, Helena Rodrigues, que ressaltou a importância do Coletivo Perifatividade ocupar a Biblioteca e iniciativas como aquelas.

DSC_0003

Emerson Alcalde iniciou os trabalhos com a peça “O Boneco do Marcinho”, que encantou e divertiu as crianças e os adultos presentes, o que podemos perceber claramente nas expressões das fotos. No vídeo abaixo, um trecho da peça!

A poetisa Carol Peixoto, integrante do Coletivo Poetas Ambulantes, também esteve presente ao Sarau para lançar seu primeiro livro “Bola, Lápis e Papel”. A obra de Carol é totalmente dedicada às crianças. Bem ilustrada e colorida, é cheia de ótimas poesias, para pais, professores, amigos e as próprias crianças lerem e contarem. Algumas inclusive já forma musicadas! As crianças adoraram o livro!

20131026_151555

Lews Barbosa, poeta, slammer, rappers da região há 21 anos e integrante do grupo Potencial 3 veio com 3 contações de histórias que surpreendeu e divertiu todas e todos os presentes: “Sofia e os Doutores”, “Recreio” e, claro, “O Macaco Caído” que foi o ápice da apresentação!

20131026_155218

Para finalizar, com apenas 09 anos, o rapper MC Ogizinho deu um show de flow mostrando para as crianças que o Hip-Hop é sim um agente formador, não só dele mas de todas as crianças que integraram e integram o projeto “O Futuro do Hip-Hop”, que ele fez parte e como sua mãe Denise explicou ao início de sua apresentação. Ogizinho mostrou a que veio e depois ainda contou com as participações no freestyle de Terno MC e de Lews Barbosa!

A finalização veio em grande estilo, com o perifativo Vinão Alobrasil e todos que ali estavam, para musicar e tirar a foto final!

Confira as fotos e vídeos do Sarau, por Vinão Alobrasil, Diego Soares, Ana Fonseca e Ruivo Lopes!

DSC_0002DSC_0006 DSC_0015 DSC_0036 DSC_0037 DSC_0043 DSC_0050 DSC_0059 DSC_0067 DSC_0073 DSC_0088 DSC_0095 DSC_0098 DSC_0105 DSC_0112 DSC_0126 DSC_0127 DSC_0129 DSC_0135 DSC_014220131026_150325

DSC_0155 DSC_0157 DSC_0161 DSC_0163 DSC_0170 DSC_0173 DSC_0175 DSC_0177 DSC_0180 DSC_0182 DSC_0187 DSC_0192 DSC_0198 DSC_0200 DSC_0219 DSC_0222 DSC_0230 DSC_0235 DSC_0239 DSC_0245 DSC_0246 DSC_0248 DSC_0256 DSC_0262DSC_0271