Perifatividade no Centro Cultural Santo Amaro – Mês do Hip Hop 2019

No dia 03 de maio, para o mês do Hip Hop da Cidade de São Paulo realizamos um sarau no Centro Cultural Santo Amaro – CCSA que contou com jovens lendo poesias e se interagindo com a gente com os livros dispostos que exibimos na mesa. Agradecemos a atenção da coordenação do espaço e de seus jovens monitores que também acompanharam a apresentação.

O Círculo de Cultura Perifatividade encerra suas atividades!

Quando um ciclo se fecha, não significa o fim.
Com muita tristeza, informamos que desde sábado, dia 09/03/2019, o Coletivo Perifatividade não está mais em sua sede oficial, onde acontecia o Círculo de Cultura Perifatividade.
Por questões financeiras e pela conjuntura política em todos os âmbitos que prejudicou e muito a cultura no Brasil, especialmente a realizada nas periferias, não conseguimos continuar com nossa sede aberta. O aluguel e as contas tomavam o lugar de todo dinheiro que entrava, chegando ao ponto de nós e as educadoras e educadores do espaço sermos totalmente voluntários em nosso trabalho, inclusive em alguns momentos tirando de nosso próprio bolso.
Amor, suor e MUITA dedicação foi o que ficou nesse lugar, onde nos desdobrávamos para trabalhar em um ou mais lugares e ainda cumprir a escala de trabalho deste espaço, aberto de segunda à sábado, de manhã até de noite, com 08 cursos gratuitos para a comunidade, Saraus, formações, reuniões, Mostra Cultural, biblioteca comunitária. Foram 08 anos de batalha para conquistar nosso lugar onde lutamos demais e fomos muito felizes!
Mas infelizmente, esse ciclo teve de ser rompido.
Não saímos enfraquecidos, pelo contrário!!!!
Saímos mais fortes ainda, com a certeza de que aprendemos muito e que esse tempo nos serviu de ferramenta para continuarmos nossas ações mais pesadas do que antes! Vamos com tudo, como sempre fomos, nos dedicando e trabalhando mais junt@s ainda com nossa quebrada Fundão do Ipiranga!
Queremos agradecer de coração à todas e todos os artistas, educador@s, educand@s e amig@s que compartilharam esse amor e essa luta conosco! Obrigado de 
Nos vemos nas ruas!

 

Sarau Perifatividade de Fevereiro 2019 – Lançamento do Livro “Meu canto em 83 poemas” de Paulo Rams

No dia 16 de fevereiro foi um dia especial para o Coletivo Perifatividade, pois foi o lançamento do primeiro livro de Paulo Rams, idealizador do coletivo, livro esse que estava guardado a mais de dez anos sem ser publicado, e junto com outros poemas atuais, nasceu o livro “Meu canto em 83 poemas”, que uma das obras que leva o selo e a impressão da Gráfica e Editora Heliópolis, que publica autores da região, nesse Sarau Perifatividade tivemos a honra de receber em nosso espaço o grupo de Rap, A286, que também vem lançando seu trabalho novo “Sobre Paixões e Tragédias”, outra presença mais do que especial também foi o grupo de mulheres Samba D’Pretinha, que fez uma roda de samba contagiante. Esse Sarau também marcou a ultima atividade no Espaço Círculo de Cultura Perifatividade que assim encerra as ações através do Fomento a Cultura de Periferia em sua primeira edição. Mesmo o círculo estando fechado o Sarau irá acontecer em outros espaços, como escolas e ocupações do Telecentro Parque Bristol e casa de cultura da região. Segue algumas fotos desse dia por: João Claudio.

 

Sarau de Novembro com Deusa Poetisa e Arkano Dunamis!

Em novembro mês que se destaca a data de Zumbi dos Palmares e exaltando a arte negra de raiz o Sarau Perifatividade do dia 24, contou com a escritora Deusa Poetisa lançando seu livro/zine AFRONTE, com poesias marcantes e de ativismo, e pra musicar o sarau nosso parceiro Arkano Estilo Dunamis que volta com suas rimas depois de ter dado uma pausa por conta do novo membro da família recém nascido. O sarau teve dentre as musicas de Arkano, diversas intervenções de Deusa Poetisa com seu estilo único de declamar e interpretar seus poemas, poemas esses que também foram lidos pelos presentes do sarau.

Sarau Perifatividade na EMEF. Olavo Fontoura

Em mais uma atividade na escola mais do que parceira e formadora do Perifatividade na EMEF. Olavo Fontoura e dessa vez devido aos dias de aulas nos sábado, fizemos um sarau a luz do dia, na quadra que contou com a fanfarra da escola e a intervenção de graffiti do Felipe Borges. Participou alun@s e ex alun@s da escola em que agitou o festival cultural da nossa querida EMEF. Olavo Fontoura.

Sarau Perifatividade de Setembro 2018

No mês de setembro no Sarau Perifatividade tivemos o lançamento do grande escritor Walner Danziger, lançando seu mais recente livro “Papel de Embrulhar Peixe”, Walner que já lançou diversas outras obras no Sarau trouxe mais uma de peso, compartilhamos a leitura da obra e tivemos também a presença das maravilhosas vozes da Banca feminina  Até as últimas consequências que além de ser super talentosas encantaram os presentes pela voz e canções da noite de sábado.Nos Tocas Discos o Dj, poeta residente Ruivo Lopes.

 

Tributo a Preto Ghóez – Sarau nas Favelas

Tributo a Preto Ghóez na favela do Parque Bristol

Deixar os agradecimentos pra geral que encostou no Tributo a Preto Ghóez, foi lindo e onde ele estiver esse rapper revolucionário deve estar muito feliz! Agradecemos especialmente a: Dj Ivonverine DJ DaGoma, Dugueto Shabazz, Gaspar ZAfrica Brasil, Negro Drap, D’grand’stilo, Lakers e Pá, Preto Nando Fernando pelo apoio de lá do Maranhão, Ferrez com sua mensagem para o evento! Organizado por: Pânico Brutal Coletivo Perifatividade Fórum de Hip-Hop do Ipiranga – Sudeste Noite linda na favela do Parque Bristol!

8 ANOS DE COLETIVO PERIFATIVIDADE!

É…08 anos não são 08 dias nem 08 meses… Momentos bons e momentos não tão bons, fases e mudanças, altos e baixos fazem parte dessa história tão linda de muita luta, e com certeza, é só o começo! Para comemorar nossos 08 anos, começamos nossa tarde com muita dança: a querida Jamila Silva veio dar uma aula aberta de Stiletto, a pedido das estudantes do curso de Dança do Ventre, porém outras pessoas também vieram prestigiar. Logo depois, com as portas já abertas, iniciamos nosso Sarau especial de aniversário. Nossa amada e admirada escritora Cidinha da Silva veio até nossa casa lançar “O homem azul do deserto”. Garantindo a presença de noss@s estudantes, as meninas do curso de Dança do Ventre com a prof. Ana Fonseca marcaram presença, e, na música, DJ Markinhos, Pânico Brutal, Cello, Vinão Alobrasil e – pela primeira vez no Fundão do Ipiranga – Xis fecharam com chave de ouro esse dia que coroou praticamente uma semana de Mostra Cultural Perifatividade, e nossos 08 anos de existência e resistência! Confiram as fotos por JC.

, , , , , ,

 

Muito Samba e roda de conversa na 2º Mostra Cultural Perifatividade

2º Dia de nossa Mostra Cultural Perifatividade, Sexta feira 31/08 O protagonismo da mulher no samba Roda de Samba com Bate papo. Convidadas: Soraia Molina e Grupo Samba D’Pretinha (Ellen, Kristal Oliveira, Iraci Moreira e Patricia Bueno e nas harmonia Paulo Cauê. Agradecimentos total a companheira Tânia Moreira do blog Batucada Feminina pelo suporte e articulação da roda de conversa. Tamu jutão! Círculo de Cultura Perifatividade Rua: Dr. Benedito Tolosa 729 Parque Bristol

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mostra Cultural Perifatividade: Reggae e Políticas Públicas

Na quinta-feira, dia 30/08, a Mostra Cultural Perifatividade recebeu a exposição do nosso educador de graffiti Felipe Borges 3ª visão, que deixou nosso espaço muito mais bonito com seus quadros e telas. Na roda de conversa da noite, Bastian Tamoio Bantu foi o mediador de “Reggae e Políticas Públicas”, debate que contou com as presenças de Diego Davi ( Fórum do Reggae ) e Siberson Zambi U-Dub Ferreira do U-DuB 420! – Sound Sistema. Os assuntos que permearam a roda foram o acesso às políticas públicas pelo Reggae, o crescimento do Fórum em um contexto político conturbado na Prefeitura de SP, diversidade dos estilos dentro do reggae, capilaridade do Fórum do Reggae a nível estadual, os conceitos errôneos sobre os editais, como facilidades e/ou amizades que garantem a aprovação, e como não poderia deixar de ser abordada, a associação do reggae e a maconha. Os convidados responderam às perguntas do público presencial e pela nossa Live da Mostra, que foi feita todos os dias. Confiram as fotos por JC